cartões criativos

Apaixonadas no Divã: "Redes Sociais x Confiança"

8 comentários
Olá leitores queridos!

Estavam com saudades? Eu estava! É tanta correria que ultimamente esta sendo difícil me dedicar o quanto gostaria à nossa coluna, mas assim que esta fase passar as publicações quinzenais voltarão, eu prometo! Mas vamos lá, o caso de hoje na sessão “Apaixonadas no Divã” traz um assunto velho conhecido: redes sociais e confiança. Nossa leitora S.S. não está conseguindo superar a desconfiança e isso tem atrapalhado muito seu relacionamento, acompanhem comigo sua história:

Bom, estou com um problema muito difícil de lidar. Tenho 23 anos, namoro há 4 anos e fiquei noiva tem três meses, meu noivo tem 36 anos. Há uns 5 meses atrás, peguei uma conversa no celular dele (whatsapp e facebook), em que ele dava em cima de algumas meninas, que eu conheço inclusive e que fazem parte da nossa roda de amigos. Terminei com ele e depois de muito choro e de muito ele vir atrás voltei, porque isso nunca tinha acontecido e ele não tinha me dado motivos. Confiava nele cegamente antes, mas desde que isso aconteceu não confio mais nele. Toda vez que ele pega o celular me dá uma coisa ruim parece que está fazendo algo errado, não consigo ver ele com o celular na mão. Não tenho insegurança, nem auto estima baixa. Gosto de mim, do meu corpo, o problema é confiar nele de novo, não quero terminar, pois o amo e sei que ele me ama também. Eu sei que ele vai ser meu marido. Quero passar por cima disso. Por favor me dê um conselho, isso está me prejudicando. Obrigada!” 
Mesmo o relacionamento mais estável pode sofrer crises de vez em quando, não é mesmo? E para superar esses momentos difíceis é preciso rever alguns pontos e entender o que os levou até aquela problemática.

No caso de hoje, a questão central trata-se do que pode ser considerado traição. O que vemos é que atualmente o conceito de traição é muito aberto, pois cada casal tem um jeito e suas próprias regras, então não temos como definir. Fato é que tudo que é omitido causa danos ao relacionamento, e no caso de S.S. talvez o fato das conversas terem sido com pessoas próximas a fez se sentir ainda mais ressentida e quem sabe até envergonhada, dificultando ainda mais a superação por parte dela.

Como expliquei acima, rever o que levou a este comportamento é o pontapé inicial. Repensar se o conteúdo descoberto é de fato como pensamos que era pode nos fazer ter uma nova perspectiva do fato. Por exemplo, pedir a opinião de alguém de confiança pode ajudar. Para entenderem melhor, imaginem que talvez na conversa do noivo de S.S. ele apenas elogiasse suas amigas, dizendo como são bonitas, por exemplo, não necessariamente isto quer dizer que ele tinha segundas intenções com as mesmas, mas o ciúmes de S.S. pode fazê-la enxergar assim. 

Outra coisa comum em relacionamentos de longa data é a necessidade de sentir-se atraente, algumas pessoas paqueram só para confirmar que ainda são desejados, e não porque tinham a intenção de trair o parceiro. Isso normalmente acontece com mais frequência em casais que deixam esfriar demais o relacionamento, que deixam a vaidade e o hábito de elogiar de lado. 

Vale ressaltar também que a internet é sedutora, pois há uma ilusão de que não é real, é como se ao desligarmos o celular ou computador nada daquilo aconteceu. E com as redes sociais está cada vez mais comum as “duplas” personalidades. 

internet


Então, com uma boa conversa para entenderem juntos o porque do outro ter a necessidade de fazer o que fez é possível superar, pois nunca devemos esquecer que relacionamento é feito a dois, e ambos são responsáveis, e diante de um problema deve-se sempre avaliar a parcela de responsabilidade de cada um, pois só assim haverá mudança. 

Perdoar é um exercício, não acontece do dia pra noite, pois confiança é feito vidro, ao ser quebrada leva-se tempo para juntar os cacos. 

Então, querida S.S., tenha paciência, se há amor verdadeiro vocês dois juntos vão conseguir lidar com esse sentimento ruim que desperta em você ao vê-lo com o celular nas mãos, a medida que o tempo passar e você ver que seu medo não tem fundamento isso passará. E, se por acaso houver outras omissões, talvez seja o momento de repensar se ele realmente é o homem certo para estar ao seu lado, pois se houver dúvidas não há felicidade, como sempre digo confiança é fundamental para um relacionamento saudável e duradouro. 

E vocês? Já passaram por situações parecidas? Conta para gente através dos comentários, é sempre bom conhecer um pouquinho mais de vocês!

Obrigado pelo carinho de sempre e até a próxima!

(Atenção: As informações contidas nesta publicação NÃO substituem um atendimento real em setting terapêutico adequado com um profissional psicólogo qualificado.) 

Curte nossa coluna? Então dá um “like” lá no facebook para não perder nenhuma novidade: Apaixonadas no Divã.


***OBS: Quem quiser participar da sessão Apaixonadas no Divã, pode enviar e-mail para blognamorados@gmail.com com este título.***
    Comente no Blogger
    Comente no Facebook

8 comentários:

  1. É um tema polêmico e presente na nossa realidade. Vou ser sincera... nossas discussões (poucas que temos) 100% é por conta das redes sociais... Mas falou tudo... "algumas pessoas paqueram só para confirmar que ainda são desejados" bem assim mesmo, as pessoas precisam ainda desse fogo eu me esforço para manter isso no meu relacionamento porque sabemos que é bem complicado. Adorei o texto como sempre. ♥

    Beijocas !
    ♡ Casal Be&Be ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As redes sociais tornaram visível situações que antes eram do cotidiano, por exemplo, antes se o parceiro encontra-se uma amiga na rua e se abraçassem de saudades talvez isso não incomodasse tanto, mas quando vemos um comentário de "que saudades" a proporção se torna outra, e discussões de ciumes podem surgir. Mas conversar é chave e se questionar se sua percepção não está alterada é fundamental...
      Manter acesa a chama do desejo em um relacionamento é um grande desafio realmente...que bom que temos canais como nosso blog para nos ajudar não é mesmo? Obrigada pelo carinho ♥
      Continue acompanhando a sessão, bjs

      Excluir
  2. GOSTEI DO SEU BLOG E TENHO UM ARTIGO PARA VOCÊ
    ​​

    Olá Tudo Bem? Primeiro! Quero me apresentar,​ sou a Professora Rosimeire Feliciano Oliveira.
    A minha especialidade é falar sobre Saúde, Bem Estar e Emagrecimento.
    Escrevo atualmente para vários blogs incluindo o (beleza.blog.br).

    Achei muito interessante o seu blog, gostaria de colaborar com meu artigo,
    imagem ou vídeo,​​conteúdo relevante buscado pelo público​.​

    ​Como é a Parceria?
    Ofereço um artigo, vídeo ou imagem para seu blog

    Te dou dois links para seu blog dentro dos blogs.
    http://dicasdemoda.blog.br/
    http://pontomakeup.com/

    Uma super divulgação para seu blog
    em paginas do Face, Twitter, Tumblr, Linkedin, G+, comunidades G+ e logo Instagram tudo passa de 2 milhões de visualizações. (segue tudo abaixo)

    O que peço em troca?
    ​Peço um (01) link dentro do seu blog para o blog que participo.

    Qual link é esse?
    Para um Blog de beleza, saúde e bem estar.

    Obs. Caso não queira o artigo, mas possa me dar o link que peço.
    Eu aceito e também te dou os dois links e a divulgação completa oferecida.


    Solicite agora para receber o artigo e o link!

    Youtube: https://www.youtube.com/user/belezablogbr - 80 mil inscritos

    E-mail prof.rosioliveira@gmail.com

    MEU NOVO FACEBOOK:
    https://www.facebook.com/rosi.feliciano.127

    CONVITE ESPECIAL!
    Você esta convidado(a) a participar das minhas comunidades como membro moderador!
    https://plus.google.com/u/0/communities/112490298534960350287

    e também dessa
    https://plus.google.com/u/0/communities/108585939054651860940

    Não paga nada e com isso você pode compartilhar todas as suas postagens e ideais sempre que quiser e sem precisar de liberação.

    Rosi Feliciano
    Que todos nós tenhamos um dia abençoado!

    ResponderExcluir
  3. Olá !
    Eu partilho de um sentimento que me entristece em relação ao whatsap, pois meu namorado nunca me deu motivos para achar que estava sendo traída, mas algo me incomoda muito. Ele fica o tempo todo online e quando falo com ele demora uns 3 minutos para responder, eu sei que ele tem diversos grupos de trabalhos e até no horário de trabalho ele fica entrando o tempo todo, isso me incomoda porque por mais que eu aos fins de semana ele mexa normalmente na minha frente , fico extremamente insegura em saber com quem ele tanta conversa se são os grupos ou se existe alguém que ele dê uma atenção a mais. Eu procuro não mexer no celular dele porque não quero invadir sua privacidade como pessoa. O que devo fazer? Como posso me libertar desse receio e ser mais tranquila?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelle, este fenômeno chamado "whatsapp" vem mudando gradativamente a maneira das pessoas se relacionarem, e com seu namorado não está sendo diferente. Procure pensar se o fato dele demorar alguns minutos para lhe responder é realmente algo para se preocupar? Procure pensar em seu tipo de relacionamento com ele, há contato físico, há troca... e o relacionamento com os grupos? às vezes não se trata de uma questão de preferência por um ou por outro, e sim maneiras diferentes de se relacionar...

      Excluir
  4. Olá. Pode me chamar de J. Bom, eu namoro há 4 meses (sei que é muito pouco) só que devido a algumas experiências negativas em um relacionamento, eu me fechei totalmente e desconfio de todo mundo, não confio em ninguém. Mas desde que conheci meu namorado, ele me passou uma sensação boa, abdicou de tanta coisa pra ficar comigo que no fim, eu passei a confiar outra vez em alguém. Estava ótimo. Eu me sentia muito feliz. Até que em um certo dia, eu estava olhando o insta dele e vi uma certa garota, fui ver as fotos dela... E encontrei um comentário dele numa foto, digamos que a foto era bem "sensual" e o comentário dele, nada agradável. Tivemos nossa primeira briga por causa disso. (Um dia antes tínhamos conversado sobre isso, e entramos em um consenso de que comentários do tipo eram inaceitáveis) Nessa briga, eu chorei muito, fui bastante grossa, fria, falei tudo que tinha guardado no coração. Eu o amo muito e não terminei, ele chorou, pediu perdão, afirmou que não iria fazer mais, prometeu e tal. Desculpei!
    Mas... eu não confio mais nele. Pra falar a verdade, voltei aquilo que era antes, voltei a achar que ninguém é confiável e que ele mente pra mim. E qualquer coisa, eu desconfio. Por exemplo, quando ele tá online e demora a me responder, quando sai, quando tá no insta, quem ele segue... Eu não demonstro nada disso para ele, guardo tudo dentro de mim. Não demonstro ciúmes nenhum, e pra ele tá tudo bem, e pra mim tá também. Mas é horrível esse sentimento de decepção, de não conseguir confiar no seu parceiro. Queria muito tirar isso de mim, mas eu não consigo! Alguém poderia me ajudar? E não adianta falar que é necessário uma conversa, já conversei um milhão de vezes com ele por isso, ele já deixou claro que se arrependeu. O problema é comigo, digamos assim, eu não queria ter perdido a confiança nele :( mas não consigo mais ver eles com os mesmos olhos, segura, confiante... :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá J., confiar não é uma tarefa fácil mesmo, e envolve muitas coisas... Acredito que o primeiro passo seria trabalhar seus traumas anteriores, para que este "fantasma" não te acompanhe em cada relacionamento de sua vida a partir de então, a Psicoterapia seria fundamental para seu caso.
      Referente a insegurança devido ao episódio na rede social, talvez devido a seus sentimentos acabou tomando uma proporção maior do que realmente têm. Seu relacionamento é muito recente, e muitas questões estão se ajustando ainda, como uma receita, até acertar o ponto certo leva um tempo de experiência... Talvez seja a hora de ter um pouquinho de paciência e se permitir, a segurança irá ser recuperada a medida que o relacionamento for se fortalecendo, pois como sempre digo, amar é uma construção, de erros e acertos. Procure se focar menos no fato de não se sentir 100% segura e focar mais na intimidade e proximidade fundamentais para uma relacionamento amadurecer.

      Excluir
  5. Olá,lendo alguns comentários eu me identifico muito... Namorei 7 anos meu "primeiro tudo". Aquele amor de infância sabe? Nos primeiros 5 anos, confiava de olhos fechados, nunca fui muito ciumenta, mas como em qualquer relacionamento tivemos altos e baixos. Ele me magoou muito, namoramos 5 anos morando juntos e 2 anos a distância (Ele foi pro RJ e eu fiquei no RS). Nos últimos 2 anos foram os piores pras mim, pois a distância machucava e eu já tinha muita desconfiança dele... Esse ano eu estava bem cansada de ver ele a cada 30 dias por 5 dias, peguei fotos dele saindo onde ele morava (RJ) sem aliança e sem me avisar, e por ultimo uma mulher mandando mensagem para ele chamando de amor. Sempre fui muito investigativa, olhava celular todos os dias que estávamos juntos, tinha rastreador no celular dele com o conhecimento dele... terminei esse relacionamento com um certo alívio, pois não aguentava mais perdoar e desconfiar. Encontrei uma pessoa que me encantou depois de 4 meses solteira, comecei a namorar... Só que ele é músico, trabalha em banda e tem váaaaaarias ex namoradas :( fico muito apreensiva quando vou aos shows e vejo os colegas de trabalho traindo as namoradas sabe, me corta o coração. Não banco a ciumenta, até porque ele me parece até hoje muito sincero e diz que é para eu confiar nele que ele não me magoaria, não mexo no celular, temos uma relação ótima, nunca fez nada com que eu desconfiasse, unica coisa que me incomoda e eu já conversei é as novas amigas de facebook, curtidas em fotos, mesmo ele dizendo que não tem nada a ver, meu coração aperta sabe? Muitas vezes minha auto estima fica lá em baixo, choro, mas na maioria do tempo ele é um príncipe, não brigamos muito. Hoje faz 6 meses que estamos juntos, preciso de um conselho para saber lidar com isso, amo ele, só que em certos momentos acabo sofrendo com a minha desconfiança, e acredito que seja por eu ter sofrido muito com isso no meu outro relacionamento.

    ResponderExcluir